"Porque não pensar que é o treinador que está atrasado?"

Presidente do Leixões dá o exemplo e torna sócios toda a família
07/03/2017
Orlando Dias Agudo: "Os relatos na rádio são intragáveis"
07/03/2017

"Porque não pensar que é o treinador que está atrasado?"

IMG_5824
Manuel Serrão não tem dúvidas: o saldo de Jorge Jesus acabou no Sporting. Não há mais argumentos que se possam levantar.
“Ele está já a antecipar as contas que Bruno de Carvalho lhe vai pedir no final da época pois está a 23 pontos dos lugares de acesso à Champions, o que é pior que estar a 12 pontos do primeiro”, salientou o comentador do programa “Prolongamento”, da TVI 24.
O comentador afeto ao FC Porto considera “hilariante e ridículo” que Jesus tenha atirado a toalha ao chão em relação à luta pelo título assumindo que iria lutar apenas o 2.º lugar, “num momento em que a diferença entre o 1.º e o 2.º era de um ponto”. Por isso, entende que JJ “está já a desculpar-se” embora “se há treinador que não se pode desculpar, esse treinador é ele”.
Manuel Serrão explica porquê: “Quando renovou e recebeu todos esses milhões, devia ter dito que esta época não havia hipóteses pois o Sporting ainda não tem a estrutura do outros”. Clarificado este pressuposto, devia ter dito também “quando houver estrutura eu quero mais dinheiro”.
Atribuindo a Jesus um certo “iluminismo e espiritismo”, Manuel Serrão lembrou que quando o treinador do Sporting foi contratado disse que nem ia ter férias para tratar da tal estrutura que faltava. Mas o que se vê agora, quase dois anos depois, é “um Sporting que está atrasado”.
“Então é este o treinador que com os milhões que ganhou em dois anos agora diz que os rivais estão avançados?”, questionou-se ainda. “Ele já explicou os insucessos com os árbitros, com a falta de sorte e com o facto de ter ido para a bancada, mas afinal é o Sporting que está atrasado na sua estrutura”, juntou no seu tom tonitruante.
“Porque não pensar que é o treinador que está atrasado?”, fechou assim o seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *