No Rio Ave foram todos meninas

Rui Malheiro: "A minha referência é o António Tadeia" (o Gabriel Alves não perde por muito)
12/03/2017
Mossad investiga sucesso de Lito Vidigal
13/03/2017

No Rio Ave foram todos meninas

 


O Rio Ave venceu este domingo o Moreirense por 3-2 e consolidou a sua posição no meio da tabela, mantendo à vista os lugares de acesso à Europa. É uma vitória muito difícil de explicar porque Luís Castro só fez entrar meninas em campo. Todos sabemos que o futebol feminino está a evoluir em Portugal e não foi propriamente pela decoração capilar que conseguimos perceber que os nomes nas camisolas correspondiam aos respetivos jogadores pois hoje jogador que não se depile não tem futuro. O clube vila-condense, sempre criativo, assinalou este domingo o Dia da Mulher, proporcionado entradas gratuitas para todas elas. Mais, os jogadores rioavista entraram com os nomes das companheiras ou das filhas nas camisolas. Tarantini, por exemplo, deu pelo nome de Vera. Petrovic foi Marija, Adama Traoré foi Nagnouma, Nelson Monte foi Raquel e Gil Dias foi Andrea. Camisolas que não são obviamente para trocar, ok?
17202663_1398399006865172_8386235422627961446_n
No mais, vimos todos um bom jogo. O Moreirense de Inácio deu luta até ao fim. Não está fácil para os cónegos mas se continuarem assim, vai acontecer. Afinal estamos a falar do campeão de inverno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *