Mário Reis fez história no futebol nacional

Bundesliga: Ancelotti já olha para o penta
11/03/2017
Benfica: Está na hora de André experimentar o novo shampoo
11/03/2017

Mário Reis fez história no futebol nacional

79 80 Rio Ave-202
Esta semana completaram-se seis anos desde que Mário Reis deu por terminada a sua carreira de treinador de futebol. Muitos dirão hoje: Mas quem é Mário Reis?
Nós explicamos.
Hoje com 69 anos, Mário Reis esteve como treinador em 455 jogos oficiais, 166 dos quais respeitantes ao nosso campeonato principal (dez épocas). Como principal feito tem uma Supertaça Cândido Oliveira conquistada no comando do Boavista, na época de 1997/98. quando a prova ainda era disputada a duas mãos. Os axadrezados venceram no Bessa o FC Porto de António Oliveira por 2-0 (golos de Ayew e Timofte) e perderam nas Antas por 1-0 (golo de Fernando Mendes). Curiosamente, viria a terminar essa época no Felgueiras.
Mário Reis chegou à condição de treinador depois de muitos anos a levantar pó nos pelados. Era avançado e terminou a sua carreira no Rio Ave, depois de dez jogos no Salgueiros, o seu clube do coração, que viria a treinar também.
Mário Reis chegou à condição de treinador depois de muitos anos a levantar pó nos pelados. Era avançado e terminou a sua carreira no Rio Ave, depois de dez jogos no Salgueiros, o seu clube do coração, que viria a treinar também.
No Rio Ave, onde começou a marcar pontos como técnico, esteve 14 anos, aqui se contando também o seu tempo de jogador. Foi no clube de Vila do Conde, aliás, que se iniciou como treinador e foi assistente do pai de José Mourinho. Aliás, já se contou a história de que foi ele o responsável pelo facto de o atual treinador do Manchester United não ter feito a sua estreia como sénior pelo Rio Ave, depois de muitos jogos na equipa de reservas.

Hoje é “olheiro” de uma empresa de agenciamento de jogadores e continua a descobrir talentos para o futebol português

Como treinador, Mário Reis lançou muitos jogadores. Esta é uma ‘short list’: Sá Pinto, Edmilson, Pedrosa, Luís Manuel, Paulinho Santos, Isaías, Renato, Jorge Silva, Pedro Espinha, Abílio, Pedro Emanuel, Ricardo (o ‘Sem Luvas’), Delfim, William, Quevedo, Ayew, Jimmy, Nuno Gomes, Sandro, Carlos Manuel, Mário Loja, Bruno Ribeiro, Augustine, Bakero, Sérgio Nunes
Dava para fazer um grande plantel!
Importante também dizer que Mário Reis ganhou uma Taça de Portugal pelo Boavista, 3-2 ao Benfica. Foi ainda o primeiro treinador Português a ser campeão sem derrotas (Rio Ave, 34 jogos, na 2.ª Liga) e foi eleito o melhor treinador Português em 1996 pelo jornal Record.
Hoje, Mário Reis é “olheiro” para um empresário e continua a descobrir, embora agora de forma mais discreta, talentos para o futebol português-
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *