Empresário diz que depois do Papa veio o Hitler e fala de jogos viciados

João Capela teve de esperar para entrar no "túnel"
20/02/2018
Tondela reage: "Obrigado futebol português por seres cada vez mais justo"
20/02/2018

Empresário diz que depois do Papa veio o Hitler e fala de jogos viciados

César Boaventura está a lançar algum espanto depois de uma publicação na sua página do facebook. O CEO da GIC, uma empresa de agenciamento de jogadores, confessou-se “triste mas não derrubado” a propósito de uma “segunda parte do jogo [que] foram os descontos”. Estaria a referir-se ao Tondela-Sporting? #Já acabou?”, perguntou.
Feita este lançamento, César Boaventura disse estar “com a alma tranquila”.

“Dentro de X dias farei 39 anos, sozinho, a pensar, de luto pelo futebol e longe da minha família. Isto é demais… Como se pode acusar de viciação de resultados (Sporting tv), alguém que vive do seu trabalho como agente, tem 2 filhos e não vai nascer mais nenhum!”, atirou.
“Como se pode chamar de homem da mala alguém que vive do seu trabalho no futebol, tem 2 filhos e não vai nascer mais nenhum! Como se pode dizer que alguém que deu, e dá, 24 horas por dia da sua vida ao futebol aos adeptos e atletas, o difamam?”, continuou.
“Chega desta palhaçada, e vou apenas deixar uns tópicos, para além de convidar a Polícia Judiciária a vir falar comigo, pois infelizmente até hoje não me quiseram chamar! O presidente Gilberto do CD Tondela é enorme… pois hoje demonstrou que não se vende ao poder“, declarou, para a seguir contar uma história:
“Fui abordado por um administrador da SAD de um clube para mentir relativamente a jogos viciados ou comprados, ao qual lhe disse que não aceito pagamentos para mentir. Trabalho no futebol de consciência tranquila e a determinada altura vi-me difamado por indignos que vendem a alma acusando-me de coisas insólitas praticadas pelos mesmo, aos quais deixo vídeo a baixo!”
“Nasci com humildade e dignidade, e sempre acreditei que no futebol existia gente pura e digna, o que infelizmente não é verdade! Depois do Papa vem o Hitler e depois dos dois juntos vem a Polícia Judiciária… O futebol em Portugal é tripartido, não pela lei mas sim pela cor clubista de quem temos a frente dos destinos do futebol nacional”, são ainda palavras suas.
Para concluir:
“Infelizmente, perante tanta palhaçada e difamação, para quem estiver atento, retiro uma dilação muito real…. O DINHEIRO MANDA MAIS QUE O FUTEBOL! Vende-se guarda redes por um golo… jogada estudada em laboratório que não tinha “REDES”. Na verdade, enveredei pelo caminho errado, pois se fosse o gajo da mala estava rico, mas não estou, sou uma rica pessoa!”
César Boaventura diz-se disponível para ser ouvido pela PJ e para falar “das propostas indecentes que me foram feitas por clube que me difamaram”.
“Ganhem vergonha”, atirou ainda, acrescentando um P.S. : “Alguém vai fazer anos?”
Por fim, o CEO da GIC pede desculpa “ao verdadeiro autor deste texto, BDC, mas só o adaptei à verdadeira realidade” pois ele “não é o único a ter família”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *