É hoje que as sereias do Leixões vão de novo tocar o céu sem fazer mexer a rede

Capitão leixonense Nuno Silva voltou aos relvados
25/04/2018
Nave com destino ao título
25/04/2018

É hoje que as sereias do Leixões vão de novo tocar o céu sem fazer mexer a rede

Quem não se lembra, em Matosinhos, das grandes noites no velho Filatélico, vulgo Siza Vieira, a propósito de voleibol e do Leixões? Pavilhão cheio, calor tropical, ruído superior ao dos aviões a levantarem de Pedras Rubras, um mar de cor e de alegria e muitas vitórias do Leixões nos homens e nas meninas. Pois bem, o clube português com mais títulos no voleibol prepara-se para esta tarde somar mais um, com as sereias a terem uma grande oportunidade para fechar a final frente ao Clube Kairos. A final está empatada a dois e decide-se esta tarde, na nave Ilídio Ramos, a nave que tem o nome de um dos maiores jogadores de sempre do Leixões. Só falta saber mesmo se vamos caber todos no pavilhão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *