CR7 fatura até a coçar a orelha

Gomes da Silva: "André Silva esgotou tudo o que sabe, não faz mais nada esta época…"
28/03/2017
AeroCR7 pronto para a estreia
28/03/2017

CR7 fatura até a coçar a orelha

552WR3N2.jpg
Imagine que está num avião e que este se prepara para aterrar no ainda Aeroporto da Madeira. O vento lateral sacode a aeronave, o comandante mandou apertar os cintos e uma das hospedeiras, consegue você ver do seu lugar, está a chorar. O avião parece uma carruagem de uma montanha russa invertida e alguns passageiros sacaram os terços e rezam. Toque na pista, avião a borregar, ai meu Deus, a vida a passar-lhe numa curta, ufa, de novo no ar, nova tentativa, de novo a p… da montanha russa mas, espera aí, vou ganhar mais 5.800 euros, afinal…hospedeira!, traga aí mais uma flute de champanhe, pode ser?
O Correio da Manhã é não só o jornal português que mais notícias dá e mais arrisca – é estranho, por isso, que seja o que, de largo, vende mais… – mas é também o mais imaginativo e fez as contas à receita de Cristiano Ronaldo sempre que aterra no aeroporto da Madeira: 5.800 euros por contacto. Sem impostos. E com direito, eventualmente, a uma viagem grátis numa montanha russa.


 
De resto, na imprensa de hoje ficamos a saber que estão a ser vendidos lugares de pé para camarotes no Estádio da Luz, para o clássico que aí vem. Parece-lhe caro? Faça bem as contas. Com a aterragem de outro na Madeira, Cristiano Ronaldo comprava 29 desses lugares. Por falar de novo no CR7, não percam, n’ O Jogo, a reportagem de Manuel Casaca, um rapaz do nosso tempo que é fera quando salta para o terreno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *