António Figueiredo e a presença do Macaco na Luz: "Alguma vez houve esta conversa da polícia ter de proteger 30 mafiosos?"

Rodolfo e a creolina: "Dava-me a sensação que alguns jogadores do Benfica não tomavam banho…"
26/03/2017
Rui Vitória renova esta semana, garante a RTP
26/03/2017

António Figueiredo e a presença do Macaco na Luz: "Alguma vez houve esta conversa da polícia ter de proteger 30 mafiosos?"

macaco1.jpg
António Figueiredo, antigo responsável pelo futebol do Benfica, disse este domingo, no programa “Golos”, da CMTV, que lhe “parece um insulto” que se transforme Fernando Madureira no chefe da claque de Portugal. Tudo o que se passou “demonstra de que lado está a Federação e qual a posição que está a tomar, estando permanentemente a ofender o Benfica”. Para Figueiredo, a FPF tem demonstrado também “uma desmesurada dualidade de critérios” relativamente ao acionar dos seus processos disciplinares, referindo-se aqui às mais recentes declarações “do senhor Bruno de Carvalho”. Ainda sobre Fernando Madureira, Figueiredo lembrou o livro do líder dos ‘Super’ no qual se referem roubos efetuados em Andora. “É este senhor que estava lá como chefe da claque?”, atirou. “Uma pessoa com o passado que ele tem ser nomeado chefe da claque parece-me um filme corrido ao contrário”, afirmou ainda.
“Alguma vez houve esta conversa da polícia ter de proteger 30 mafiosos?”, perguntou ainda Figueiredo, lembrando que esteve pacificamente no Dragão no Euro 2004. “Isto é tudo uma conversa de cacha”, atirou também.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *