Tiago Cintra não fez como Fábio Paím e continua a tentar agarrar a oportunidade que o Leixões lhe deu

Aos 28 anos, o ponta-de-lança Tiago Cintra está a fazer das tripas coração para agarrar a oportunidade que o Leixões lhe deu para relançar uma carreira que já foi muito promissora. O clube de Matosinhos deu-lhe a mão e também a Fábio Paím, abrindo-lhes as portas da equipa B quando ambos estavam sem clube. Paím já desapareceu de Matosinhos sem dar notícias mas Cintra continua a trabalhar na equipa B e é o capitão de equipa. Ainda com peso a mais, o avançado que já vestiu a camisola do Beira-Mar quando esta equipa estava na 1.ª Divisão tem jogado mais recuado e é ele quem marca os livres e os cantos. Não está fácil recuperar o ritmo normal mas Tiago Cintra tem mostrado que quer e isso é sempre o mais importante.

Anúncios