Leixonense Jorge Silva corta de calcanhar mas depois bate no muro

Pode um defesa fazer arte num lance difícil na sua área para a equipa? Pode. Eis a prova: o leixonense Jorge Silva a resolver de calcanhar uma situação de aperto. Mas o lateral direito do Leixões viria logo a seguir a ser confrontado com a realidade, quando bateu num muro representando por um jogador do Académico de Viseu. O choque teve quase tanto aparato como o gesto técnico.

Jorge Silva tem 21 anos e despertou para o futebol nas escolas do Salgueiros, cumprindo a seguir no Leixões cinco temporadas, antes de ser chamado para o Sporting, onde esteve até 2016.

Anúncios