A última ficha de Fehér

Cumprem-se hoje 14 anos desde a morte trágica de Miklos Fehér no relvado do Estádio Afonso Henriques, em Guimarães. O tempo passa sempre muito depressa mas a memória do malogrado ponta-de-lança húngaro permanece bem viva. Teófilo Fernando estava lá como repórter de pista e guardou a ficha do jogo. “Esta é uma das várias fichas de jogos que guardo no meu baú eé daquele dia maldito em que um sorriso nos marcou para sempre”, escreveu o hoje jornalista da Antena 1 na sua página.

Anúncios