Malafaia, o Mourinho do Mar

Há algum tempo que nos corredores do Estádio do Mar se fala num novo José Mourinho. É verdade que já surgiram muitos candidatos a Special One e Ricardo Malafaia, que é de quem estamos a falar, de certeza que não gostará desta equiparação.

Quando, no início da época, Daniel Kenedy saiu do Leixões, o primeiro treinador a ser convidado foi o homem da casa Ricardo Malafaia, que já integrava a equipa técnica e treinava, com sucesso, os juniores A. Mas Malafaia entendeu que não era o momento oportuno e ficou como adjunto de João Henriques, o treinador que Paulo Lopo descobriu no Fátima por onde também passou Rui Vitória e que agora, tal como o atual treinador do Benfica, dá o salto para a 1.ª Liga no comando do Paços de Ferreira.

Natural da Maia, Malafaia foi jogador de futebol e vestiu pela primeira vez a camisola do Leixões em 2006, para onde voltou em 2012, depois de passar, entre outros, por Ferrol e Boavista. Hoje com 38 anos, o novo treinador do Leixões é reconhecimento um técnico da nova geração que cuida de todos os pormenores e que, diz quem o conhece bem, é “fortíssimo na motivação”.

A primeira prova Real vai acontecer este domingo.

Anúncios