Adeptos protestam contra horários de jogos da 1.ª Liga

Não há futebol sem adeptos. Ponto. Mas nem sempre os adeptos são respeitados, sobretudo aqueles que “comem” quilómetros e disponibilizam muito do seu tempo para apoiar in loco as suas equipas, como é o caso das claques. Entre eles, há muito tempo que se eleva o protesta em relação ao horário de alguns jogos, com alguns deles a decorrem noite avençada e em dias da semana, como a 2.ª feira. A claque do Feirense, a Civitas Fortissima, já lavrou bem o seu protesto, tendo visto as autoridades proibir esta faixa de entrar no estádio. Sábado passado, no Estádio do Mar, foi a vez de a claque do Leixões, a Mafia Vermelha, protestar contra o horário do jogo (11h15), e noutros estádios, como no Bessa, temos assistido a protestos idênticos. As empresas de TV cabo pagam, a Sport TV faz o serviço, os clubes recebem…e os adeptos?

Anúncios