Um meio campeão incontestado

O FC Porto é o campeão da 1.ª volta. Na Argentina teria vencido o Torneio de Abertura mas por aqui não se ganham meios campeonatos. É sempre bom chegar a meio do campeonato com mais pontos e com moral.

O FC Porto de Sérgio Conceição é a equipa com mais pontos, mais vitórias, mais golos marcados e menos golos sofridos. Tal como o Sporting, continua invencível.

Os números são estes mas quem segue os jogos do FC Porto também percebe outra realidade. A equipa está muito forte nos últimos 30 metros, os seus panzers (Marega e Aboubakar) fazem sempre mossa nas defesas contrários e o virtuosismo de Brahimi faz o resto.

Dá para perceber também que a equipa conseguiu absorver por completo a ideia de jogo de Conceição. Tal como Napoleão com os seus exércitos, o treinador do FC Porto primeiro ataca e depois logo se vê.

Há um ano, na viragem, o Benfica liderava com 42 pontos, com 4 de avanço sobre o FC Porto, seis sobre o Sporting de Braga e oito sobre o Sporting. O que mudou está à vista. O FC Porto agora é líder, tem o Sporting a três pontos, o Benfica a cinco e o Sp.Braga a oito. E segue-se um Braga-Benfica…

Ou seja, o FC Porto inverteu o défice. Arranca com uma boa almofada para a 2.ª volta, com Sérgio Conceição disposto a provar que não é verdade que as suas equipas quebrem de rendimento na parte final do campeonato. O FC Porto tem tido jogos ótimos e outros nem por isso mas tem sido no “nem por isso” que se tem visto de que raça é feita esta equipa.

Anúncios