Presidente do Portimonense mandou Soares Dias “tomar no cu”

Rodiney Sampaio, líder do Portimonense e da respetiva SAD, foi suspenso 16 dias por ter dado um murro no banco contestado uma decisão do árbitro Artur Soares Dias, ao mesmo tempo que o mandava “tomar no cu”. O Portimonense empatou na 5.ª feira a zero bolas com o Belenenses, no estádio dos algarvios.

Anúncios