Cada minuto de Gabrielzinho custou 6.153 euros

 

No último verão ficou-se a saber que Gabrielzinho foi o protagonista da mais cara contratação do Rio Ave, um clube mais acostumado a vender bem os seus “produtos”. O exremo de 21 anos veio do quase desconhecido Linense, clube da região de S. Paulo, e chegou com a chancela de Jorge Mendes, o empresário que tem andado de braço dado com o clube de Vila do Conde. O craque terá custado 800 mil euros, tendo assinado um contrato válido por 5 anos e com uma cláusula de rescisão de 15 milhões de euros.

Quando chegou, dele se disse que podia jogar nos dois flancos graças à velocidade que é uma das suas mais fortes caraterísticas.

Pois bem, Gabrielzinho tem tido poucas oportunidades para mostrar o seu anunciado talento. O extremo esteve em ação apenas 130 minutos, o que dá, até aqui, uma conta de 6.153 euros por minuto. Obviamente, uma conta para começar a abater, situação que fica nas mãos do técnico Miguel Cardoso, que apenas o utilizou em três jogos do campeonato e dois da Taça da Liga.

Nem sempre é fácil a adaptação de um brasileiro ao futebol luso, n’é?

Anúncios