Afinal não é preciso correr muito

A teoria de que os jogadores têm de correr muito no futebol moderno cai completamente por terra quando se analisa o que faz Messi durante um jogo. O craque do Barça, afinal, gasta 83% do tempo útil de jogo a caminhar e só 5% a correr. Quem sabe, sabe – não precisa de vomitar os pulmões pela boca.

Anúncios