José Marinho na luta de Pedro Guerra contra os “criminosos”

marinho3

José Marinho, diretor do site do Benfica, produziu hoje uma espécie de declaração de amor em relação a Pedro Guerra, o superpetroleiro dos paineleiros benfiquistas. Marinho confessou que não conhecia Guerra pessoalmente e que nem sempre se reviu na intervenção pública do também antigo jornalista. “Ele tem o seu estilo, eu tenho o meu”, disse a propósito.

“Entretanto”, contou, “passei a conhecer melhor o Pedro Guerra, aquele benfiquista por detrás da figura pública. E rapidamente a amizade passou a superar as diferenças de estilo. Não me interessa se as pessoas gostam ou não gostam do que vou escrever. Estou cada vez mais vacinado contra o que se escreve nas redes sociais, sem conhecimento, sentido ou até vergonha na cara. Portanto, que fique claro de uma vez por todas. Quero lá saber”.

Posto o que, num quase olhos nos olhos, declarou:

“Então é assim. Pedro, numa altura em que virou desporto nacional atacar-te, eu estou cá para me juntar à tua luta. As pessoas não sabem nem sonham que a tua luta é justa e sobretudo é uma luta por um Benfica maior. Não sei se será, para ti, relevante mas aqui fica publicamente expresso o meu apoio e a minha solidariedade pessoal. Porque, desde miúdo, sempre me disseram que o Benfica é isto. Quando um de nós é atacado, então somos todos atacados. Uma coisa é concordar com o teu registo. Podemos ou não gostar. Não interessa. Outra coisa é deixar-te sem defesa a enfrentar os criminosos que te atacam e que te pretendem separar de um dos grandes amores da tua vida e pelo qual aceitaste fazer o que muitos não fariam. Colocar o Benfica acima de tudo e até do teu bem estar familiar. Não estás e nunca estarás sozinho.”

Anúncios