A defesa que valeu um campeonato ao Sporting e um galo a António Fidalgo

22528380_1700328136685171_6492485315683255741_n.jpg

Na época de 1979/80, o FC Porto dominava e tinha tudo para conquistar o primeiro tri da sua história. Mas não chegou lá pois encontrou no caminho o Sporting primeiro de Fernando Mendes e depois de Rodrigues Dias.

Depois de um empate a um nas Antas, o Sporting conseguiu igualar o FC Porto a 3 jornadas do fim quando venceu o Beira-Mar em casa (2-0) e viu o rival empatar com o Varzim. Ainda não chegava. Na penúltima jornada, o FC Porto bateu o Boavista por 2-0 e o Sporting conseguiu vencer por 1-0 em Guimarães (com o tal autogolo de Manaca). Tudo ficou esclarecido na última ronda. O Sporting venceu em casa (3-0 sobre o U.Leiria) e os azuis e brancos perderam por 2-0 em Espinho (golos de Fernando Reis e Vitorino Belinha).

O jogo-chave acabou por ser o do Sporting em Guimarães. Jogo no qual Fidalgo esteve em destaque também. Esta imagem é o momento que se segue a uma defesa “que valeu um “cabeçaço” no poste e…um campeonato”, como recordou hoje o próprio Fidalgo na sua página no Facebook. “Alguém se recorda?”, perguntou.

Claro que sim, todos os sportinguistas se recordam bem deste momento!

Anúncios