Conceição criou um problema com Casillas. Qual é a surpresa?

img_FanaticaBig$2017_10_17_21_43_48_1324339.jpg

Ao deixar Iker Casillas por manifesta “opção técnica”, Sérgio Conceição colocou todas as fixas nas barbas de José Sá. A coisa começou da pior maneira e a noite acabou com uma derrota do FC Porto que coloca a equipa numa situação complicada na Champions que é a caixa forte de quem chega lá (especialmente em gestão controlada pela UEFA).

José Sá pode ser um bom guarda-redes mas nunca será um guarda-redes com a dimensão de Casillas, nem quando este terminar a carreira (muito menos nesse período, diria mesmo).

Sérgio Conceição, já sabíamos, é um treinador que gosta de se afirmar. Já disse várias vezes que não olha a nomes. Mas a gestão de um balneário de um grande clubes também tem de passar por aí. Veja-se o que aconteceu a José Mourinho e a Carlos Queirós no Real Madrid de Casillas!

Mas este não foi o único problema da noite europeia do FC Porto. Os azuis e brancos demonstraram também grande fragilidade sobretudo no meio-campo. O outro Sérgio que é aposta de Sérgio, o Oliveira, é um jogador que, manifestamente, se apaga nos grandes momentos. Tem mais dias que noites…

O FC Porto foi, em Leipzig, uma equipa desligada, partida, por vezes demasiado encolhida. Deu a sensação que os seus jogadores escolheram mal os pitons das chuteiras…

Foi só um mau momento de Conceição e do FC Porto? É o que veremos em breve.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s