Às vezes as coisas correm olimpicamente mal

Olímpico.jpg

Quando a esmola é grande, o povo desconfia.

Eis aqui mais um caso de um investimento estrangeiro que correu mal. No caso, o grupo inglês Proball Group Limited anunciou o rompimento do acordo celebrado este verão com o Olímpico do Montijo, acordo que passava pela posse de 85% das ações da SAD constituída. O projeto tinha um prazo de quatro e visava catapultar o clube da margem Sul.

Conforme informa o ‘Diário da Região’, o grupo não conseguiu, devido “a vários atrasos e a problemas internos”, constituir a SAD prometida e agora quer ser ressarcido do investimento já feito. O acordo passou pela disponibilização de alguns jogadores colombianos (Zapata, Delgado, Penaranda e Aponza) e também pela equipa técnica, até aqui comandada pelo português David Martins.

Os aldeanos ocupam uma posição modesta na sua zona do Campeonato Prio.

 

 

Anúncios