Para ti, Mário

19146003_10209341289114201_8254789760593319399_n.jpg

Mário David Campos, jornalista, hoje na “Visão”, morreu hoje e deixa muitas saudades. O seu legado é da amizade e da singularidade. Miguel Cardoso, hoje treinador do Rio Ave, deixou uma mensagem que sintetiza quase tudo e prova que jornalistas e agentes do futebol podem ser amigos e crescer juntos (e, sim, Mário, inclui isto na rubrica das Reviengas!):

– – Foi em 05/11/2014 que me escreveste pela primeira vez. Estava eu em Kiev, a trabalhar no Shakhtar e querias escrever uma reportagem acerca dos treinadores portugueses a trabalhar por esse mundo fora. Trocamos muitas e muitas mensagens e falamos muitas vezes pelo telefone deste então. A reportagem, como muitas outras que fui lendo depois, ficou fabulosa. A amizade foi crescendo e a última mensagem que trocamos foi no passado dia 13. Agendarmos breve um café e trocamos votos de felicidades. Que te diga? Que jamais alguém devia faltar a um compromisso desta forma? Ou que devia ter marcado data e hora para nos encontrarmos de novo? Mário David Campos, sinto-me na merda amigo! Tenho no meio jornalístico muitos amigos e todos os sinto assim! Por ti, pelo que és em nós, pelo que significas e pelo que dás!
Obrigado por me teres ajudado a perceber algumas coisas simples da vida…
Vou tomar um café sozinho…
Até já meu amigo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s