Quando o futebol é o que menos importa

19225019_1550915518293815_482464216016486665_n

Um dia antes de a seleção nacional iniciar a sua participação na Taça das Confederações, Portugal conheceu mais uma tragédia provocada por incêndios florestais, com mais de 60 vítimas mortais. De um momento para o outro, tudo, exceto o que aconteceu na floresta desordenada daquela zona do país, deixou de ser importante. É nestes momentos que percebemos que o futebol serve para nos dar alegrias (e também algumas tristezas) mas que o que importa é realmente a vida. E a vida não é, nem nunca pode ser nunca, o que se passa dentro das 4 linhas ou como consequência desse jogo. Se este esforço de relativização fosse feito todos os dias, sem a necessidade de notícias deste impacto, o futebol seria melhor e a amizade também. Trocaríamos qualquer título por uma vida que pudéssemos salvar em Pedrógão.

Anúncios