“De quem é a responsabilidade deste estado agónico do FC Porto?”

12246907_747935992006274_7620656230541774641_n

Manuel Luís Mendes foi durante muitos anos chefe da secção desportiva do ‘Jornal de Notícias’, ele que também foi professor de História no liceu de Matosinhos. Hoje goza a merecida reforma mas continua atento e por isso mesmo reproduzimos a sua mais recente reflexão sobre a atualidade do FC Porto.-

Quo vadis, FCPorto?

Há três tipos de adeptos dos clubes, a saber:
– os incondicionais, que são aqueles que arranjam desculpas para tudo e para quem o emblema é grande sempre, quer ganhe ou perca. Vivem o clube com muita paixão, mas com pouca razão. Normalmente, justificam com fatores externos as fraquezas próprias.
– os funcionários, que são os que, auferindo uma compensação monetária, têm por obrigação de dizer sempre bem quer chova ou faça sol. Omitem os males e exaltam as proezas. Só têm espírito crítico para o que se passa nos outros clubes. No deles, só há virtudes desportivas e morais. Como diriam os brasileiros, são uns puxa-sacos. Não têm, por isso, qualquer credibilidade, ante a opinião pública.
– os exigentes, que são os que sofrem com as derrotas e desaires do clube. São críticos, mas de forma construtiva. São os mais independentes e os menos influenciáveis pelo ruído e pelo folclore, interno e externo. Normalmente, fazem avisos sensatos e ponderados. Privilegiam os factos e os resultados, mais que as emoções. O seu sentido crítico diminui quando o clube vence e conquista títulos. Acima de tudo, prezam o clube que adoram.

Será muito mau para o clube, falhar na crença e na fé em relação aos títulos. Como está a suceder!

Vem isto a propósito do que se está a passar no FCPorto na maioria das modalidades.
No futebol é o que se vê. A seca vai em quatro anos….
No andebol, só se ganha quando não há responsabilidade nem pressão. Foi- se o campeonato e agora a Taça.
No hóquei em patins, a sobrevivência ditou a vitória sobre o rival Benfica. Mas será que a equipa vai erguer o troféu ou a estiagem vai continuar? Nas alturas decisivas, o FCPorto não aguenta… Vamos aguardar, então.
Finalmente, no basquetebol, os portistas estavam em forma, pelo que o otimismo era enorme na disputa do título com o Benfica. Só que nos instantes finais, novo desaire na própria casa…
Será muito mau para o clube, falhar na crença e na fé em relação aos títulos. Como está a suceder!
Tanta esperança e tanta desilusão! De quem é a responsabilidade deste estado agónico do clube?
Responda quem souber…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s