Bruno de Carvalho: “Temos de saber separar o que são criminosos e adeptos”

Bruno de Carvalho está a falar durante o congresso organizado pelo Sporting. O presidente leonino recusou “a fazer um discurso de Miss Mundo” quando lhe pediram para falar de adeptos e claques. BdC não quer imitar qualquer Miss Mundo porque “o futebol é um mundo de paixões e rivalidades e temos de saber separar o que são criminosos e adeptos”.

“Um presidente chamar aldrabão a outro faz parte do mundo do futebol e às vezes isso até serve para tirar pressão da panela”, referiu também.

“Não podemos é cruzar a vida de haver mortes pois estamos numa indústria do lazer onde mortes acidentais acontecem mas assassinatos não podem acontecer devido a ódios que levam a este tipo de violência”, foram também palavras suas.

“Estar dentro de um recinto desportivo e ser presidente suscita coisas mais e menos agradáveis mas também temos a coragem de agir no momento e não posso admitir que num estádio se ponha uma tarja a propósito da morte de um adepto da equipa adversária”, disse também.

Anúncios