Tiago Craveiro é o 26.º mais influente do futebol apenas três lugares atrás de Jorge Mendes

fcbusiness_2.jpg

Quando Hermínio Loureiro lançou a sua candidatura à Liga de Clubes, após uma fase muito conturbada, na qual Valentim Loureiro foi mesmo suspenso de funções como consequência do processo ‘Apito Dourado’, quem tratou de quase tudo foi um jovem jornalista chamado Tiago Craveiro, que passara pelo site “Portugal Diário” e também por gabinetes do governo. Rapidamente deu para perceber que Tiago era muito mais que um assessor. Eleito Hermínio Loureiro, foi sempre muito mais que o seu ‘fiel escudeiro’, contribuindo para a pacificação e modernização da Liga.

Com Hermínio, a Liga deu um salto qualitativo, foi à procura de parceiros, aumentou a sua força financeira e, na medida do possível, encontrou sinergias entre os clubes. No processo contribuiu também bastante Carlos Lucas, um operacional que punha a funcionar a máquina e que foi muito importante no lançamento da Taça da Liga. Nunca como até aí a instituição da Avenida Fernão Magalhães, no Porto, se tinha afirmado tanto. O processo o ‘Apito Final’ conduzido pelo jovem professor de Coimbra Ricardo Costa, causou problemas mas até aí a direção da Liga, sempre com Tiago Craveiro a fazer o trabalho de sapa e já um secretário-geral atento a todos os pormenores, conseguiu manter o rumo, sem ceder as pressões, viessem elas de onde viessem (e surgiram de todos os lados).

Este processo acabou por ferir a gestão de Hermínio Loureiro e este decidiu sair pelo seu pé, dando lugar a Fernando Gomes. Tiago Craveiro e Carlos Lucas ficam e rapidamente ganha forma uma grande empatia com o ex-administrador da SAD do FC Porto e antigo presidente da Liga Profissional de Basquetebol. A Liga continuou a progredir, em passo cada vez mais acelerado, e Fernando Gomes acabou por ‘saltar’ para a liderança da FPF, num processo eleitoral muito apertado, frente a Carlos Marta, no qual mais uma vez Tiago Craveiro foi decisivo. Gomes ganha e coloca-se a hipótese de o seu sucessor ser Tiago Craveiro. Eram muitos os que queriam mas Tiago fica na Liga. Poucas semanas. Mário Figueiredo rapidamente entra em conflito consigo e até uma listagem dos seus telefonemas consegue. Saída inevitável, com Tiago Craveiro a seguir com Carlos Lucas para a FPF. O resto da história ainda está fresca: o antigo assessor de Hermínio Loureiro, que hoje também é vice-presidente da FPF, voltou a trabalhar com Gomes e a merecer a sua total confiança no projeto que passou pela construção da Cidade do Futebol e a conquista do Euro 2016.

20170331_130300.jpg

O CEO da FPF acaba de ser incluído na lista das 100 pessoas mais influentes do futebol mundial, na 26.ª posição, uma lista na qual Alex Ferguson surge na 36.ª posição e Jorge Mendes apenas três lugares à frente (23.º). A lista é encabeçada por Richard Scudamore, chairman da premier League.

Tiago Craveiro foi também um dos impulsionadores da candidatura de Infantino à presidência da FIFA e foi dos quadros da FPF que saltou aquele que se assumiu como o braço direito de Infantino na dura campanha do atual líder da FIFA, Onofre Costa.

Muita água passou desde aquele almoço com Hermínio Loureiro nas margens do Ave mas, na parte que nos toca, é muito gratificante ter participado na História do futebol português e também contar com a sua amizade.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s