Avenças e vassalagens: Quem paga a quem e com que tipo de géneros?

 

hqdefault

Fernando Mendes denunciou ontem que o Benfica tem um budget de 100 mil euros para pagar a comentadores. Mendes, o único que jogou nos antigos 5 grandes (Benfica, Sporting, FC Porto, Boavista e Belenenses), costuma ser uma pessoa bem informada mas sempre gostaríamos de saber se trabalha pro bono na CMTV. O que sabemos há muitos anos é que os jornalistas são vulneráveis ao compadrio com os grandes clubes e até com os pequenos. O que podemos dizer na parte que nos toca é que apenas nos fizeram duas ofertas ao longo de 36 anos de carreira: 100 contos pelo Natal, de um famoso presidente, para “comprar sapatos” (mais uma garrafa de Chivas de 5 litros e 3 de champanhe que aceitamos por gentileza) e uma viagem ao Brasil e uma semana no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, da parte de um grande empresário de jogadores. Os 100 contos foram devolvidos em carta registada (estavam escondidos sob o “garrafão” de uísque) e a viagem nunca se realizou. Podemos dizer que o máximo até onde fomos foi participar no almoço de lampreia que o major Valentim Loureiro prometeu aos jornalistas que frequentavam a Liga, após ter sido levantado o seu impedimento de ser presidente da Liga – mas uma lampreiada, bem vistas as coisas, nunca se recusa. Provavelmente estamos a desviar-nos da conversa mas acreditem que tem tudo a ver. Podem dizer que não há almoços de borla e é verdade. Mas tudo depende da forma como saímos desses almoços.

Vem isto a propósito do impulso dos dirigentes para controlar quem escreve e quem comenta. É uma realidade que se acentuou com a expansão dos canais televisivos e dos programas desportivos e também com os sites e as redes sociais. Quem anda na política sabe bem quanto vale um spin doctor.  Ainda há pouco tempo se soube de um blogueiro que tinha uma avença superior a dois mil euros por mês para validar as teses de um governo que nos levou quase à bancarrota e são conhecidas as figurinhas que transitaram de órgãos de comunicação para posições confortáveis em grandes empresas. O pagamento nem sempre se efetua em cash, bem entendido.

Se nos permitem só vamos contar mais uma história. Aqui há uns anos havia um árbitro fraquinho que se perpetuava na 1.ª categoria mas que era um querido para muitos jornalistas, recebendo quase sempre boas notas. Esse árbitro tinha uma empresa de pneus e organizava todos os anos um almoço de convívio. Como que por milagre, quem lá ia regressava a casa com um conjunto de pneus novos e da melhor qualidade. E quem fala de pneus, fala também escapes mas aqui reportando-se a um antigo presidente do Conselho de Arbitragem da FPF.

Vamos agora ao que interessa, ou seja, o de saber quem é comentador a soldo. É estranho porque todos os grandes clubes têm os seus canais de televisão e muito poder nas respetivas redes sociais. Olhemos para lá com atenção para ver por onde andaram esses meninos antes de ali se acolitarem confortavelmente. Mas uma coisa são os canais oficiais e outra os canais generalistas, onde a comunicação tem sempre mais valor. Como se paga esse serviço? Como dissemos atrás, nem sempre em cash, muitas vezes apenas com gestos de cortesia, mas em geral paga-se por si pois jornais, rádios e televisões pagam aos seus comentadores (e por vezes muito bem). Aqui, voltamos aos 100 contos para sapatos e à viagem ao Brasil. A diferença está sempre num gesto simples: o de sorrir perante a oferta e o de fazer de conta que aceitá-la não traz qualquer mal ao mundo.

De resto, os leitores e os tele espetadores são suficientemente inteligentes para perceber quem está lá com o seu pensamento e quem vai lá na condição de recoveiro. É mesmo muito fácil.

                                                                                                                                      E.Q.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s