Portugal-Hungria: Vamos lá aproveitar o CR7 enquanto ele dura e que venha o golo 600

Com 878 jogos oficiais nas pernas e a caminho dos 33 anos, Cristiano Ronaldo ainda é o abono de família da seleção portuguesa. Desde 2004 que contamos com ele para empurrar a equipa das quinas para o patamar de excelência onde se encontra, um lugar que se deve também ao trabalho de selecionadores da era pré-Scolari, com destaque para Humberto Coelho e António Oliveira, nem sempre devidamente tidos em conta na hora da glorificação. Bem assim como Gilberto Madail.

Tal como a imagem que o próprio CR7 acaba de publicar o demonstra, o nosso capitão começa a mostrar algumas marcas de uma longa e porventura excessiva utilização. Já marcou 599 jogos em jogos oficiais (só marcou 3 na Liga portuguesa!) e o que lhe pedimos é para marcar o 600 sábado frente à Hungria, numa época que não está a ser particularmente luminosa. Já não se pedir ao miúdo da Madeira que faça o que fazia há 3/4 anos, quando atingiu o seu zénite. Como qualquer astro, o CR7 subiu até onde a sua fisiologia o permitiu. Hoje, luta contra o tempo mas luta com a tenacidade de sempre, isto é, não se limitando ao trabalho de campo e fazendo em casa o que muitos não fazem nas instalações dos seus clubes.

Magia de Cristiano contra os magiares, é o que se pode. Se não acontecer, teremos sempre o Éder pronto para entrar.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s