A fabulosa história de Bas Dost hoje nas páginas de ‘A Bola’

 

Num trabalho assinado por Mário Rui Ventura, ‘A Bola’ de hoje presenteia-nos com a fabulosa vida de Bas Dost, o melhor marcador da Liga portuguesa. Ali ficamos a saber que o goleador começou a jogar futebol aos 5 anos no CVV Hermanicus, clube da pequena cidade de Coevorden. Media apenas 1,40 metros (o salto só se viria a verificar mais tarde). Ali esteve até aos 12 anos, posto o que seguiu para o Emmen, a 15 quilómetros de distâncias. Mas ainda “ninguém reparava nele”. Aos 15 anos, começou a crescer! E a marcar golos. Aos 19 anos, assinou o primeiro contrato de profissional. Um ano depois estreou-se a marcar e o logo com um bis. O Fortuna de Sittard foi a sua primeira vítima. No fim da época, segue para o Heracles Almelo. O Emmen ganha 325 mil euros com o tal miúdo que era mais um como os outros. Duas épocas em Almelo, melhor a segunda que a primeira, e até o Ajax o colou no radar. O Heereveen chega-se à frente com 3,5 milhões de euros. Na época de 2011/12, marca 39 golos em 37 jogos! Segue-se o Wolsfburgo e agora o Sporting, onde está ‘clausulado’ por 60 milhões de euros.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s