Lembram-se de Carlos Calheiros? Bem, agora é pintor

 

Com 64 anos, a viver em Viana de Castelo, onde é administrador do respetivo hospital, Carlos Calheiros apitou durante seis épocas jogos do nosso Campeonato, acompanhado pelos seus irmãos gémeos. O antigo árbitro de Viana abandonou a arbitragem em 1995 mas continua a manter uma ligação sobretudo com os amigos que fez nesse meio. Também vai dando algumas palestras. A uma delas assistimos, na cadeia de Paços de Ferreira, onde começou assim a sua intervenção:

– Meus amigos, tenho a dizer-vos uma cadeia: o único ladrão aqui presente que não está preso sou eu!

Calheiros ficou marcado por um caso explorado pelo programa “Donos da Bola”, relacionado com a fatura de uma viagem ao Brasil com a família, ainda enquanto árbitro, na ordem dos 800 contos (4 mil euros). A fatura foi parar à tesouraria do FC Porto, via agência de viagem “Cosmos”. O Carmo e a Trindade quase caíram mas o caso acabou por arquivado. A agência Cosmos alegrou que fora um engano e que a fatura em vez de seguir para Carlos Calheiros tomou o destino de um cliente importante da mesma.

Bem, volvidos todos estes anos, o que é feito de Carlos Calheiros? O sempre bem humorado antigo árbitro continua a ir a jogos de futebol – acompanhou a saga de Portugal no Euro 2016 – e aproveita as horas livres para pintar. O Porto tem sido uma das paisagens eleitas e por ali andou a pintar elétricos. Não consta que alguém lhe tenha pago a deslocação ou que tenha havido qualquer engano na faturação.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s