Alguém vai passar cartão ao J.Marques?

 

O Benfica já não tem o João Gabriel (o que compensa com Pedro Guerra e Rui Gomes da Silva) mas FC Porto e Sporting estão com tudo no agendamento de questões, através dos respetivos diretores de comunicação, Francisco J. Marques e Nuno Saraiva. O Francisco, também conhecido por “Frames”, ascendeu recentemente ao posto máximo na chamada “comunicação” portista, enquanto Rui Cerqueira foi enviado para o Porto Canal. Marques começou no “Público”, foi editor do desporto no “24 Horas” e na agência Lusa, antes de seguir para a liderança da secção desportiva do “Jornal de Notícias”. Na Lusa, agência suportada também pelos nossos impostos, J. Marques foi alvo de várias queixas do Benfica por manter uma prática “parcial e tendenciosa” em relação aos assuntos relacionados com o Benfica. Mas nada aconteceu mas também nada teria de acontecer pois os clubes são useiros e vezeiros neste tipo de pressões.

Agora, J. Marques aproveitou o tempo de antena do canal do clube para sublinhar que Pizzi está há uma série de jogos sem ver um 5.º cartão amarelo apesar de, nesse hiato, ter cometido pelo menos 11 faltas dignas de tal. É uma forma clara de penhoradamente passar uma mensagem para os árbitros tipo “já chega, rapazes, vamos lá mostrar um cartão ao homem em Paços para ele não poder jogar contra o FC Porto”. É algo que pode fazer pois tem os meios ao seu alcance. Não é propriamente algo de muito dignificante mas tem o valor que tem, ou seja, o de, quer se queira quer não, ser uma boa ação psicológica. Portanto, nada de espantoso. Espantoso será apenas se Pizzi sair da Mata Real sem o tal ‘amarelo’ no cadastro.

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Alguém vai passar cartão ao J.Marques?

  1. Mas os 11 lances eram ou não para amarelo? E porque não questionar a razão para que o jogador diga-se mais elementar e dificil de substituir tem tal registo? Isso não interessa para nada, o importante é demonizar o JMarques, esse que ao contrário do Cerqueira filho, não dá a outra face e chama os bois pelos nomes. Para Eugénio Queirós isso só é válido quando se faz contra o FC Porto, assistimos a uma campanha anti André Silva pelos 3 mosqueteiros da comunicação do Benfica acusando-o de simular penaltys, agora é o Soares, mas o Eugénio está desatento. Também está desatento quando dizem que só beneficiaram de 4 penaltys enquanto que o Porto tem 6, mas esqueceram-se de contar os penaltys assinalados contra nos últimos 3 anos, aí tb esteve fora o Eugénio, não ouviu nem viu, estava na casa-de-banho ou a preparar uma refeição, coisas q acontecem a qualquer um que deseja ser jornalista e imparcial. Quem passa cartão ao anti-portista primário?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s