É bom saber quanto custa um vai para o c*r*lh* no futebol português

16708370_1268859746529959_405307291068405304_n

Nos estádios portugueses, as claques, as organizadas e as desorganizadas, muitas vezes dedicam mais tempo a dirigir insultos aos adversários diretos que propriamente ao apoio à respetiva equipa. Faz parte. A Liga e a FPF bem carregam nas multas mas a música não muda. Como são os clubes que pagam, ’tá-se bem.

Olhando para o último relatório do Conselho de Disciplina da FPF, é esta a tabela para os ‘mimos’ aos adversários (alguns valores estão agravados por reincidência, atenção).

“Vitória é merda” e “filhos da puta” (Sporting), 4.055 euros

“Sporting é merda” e “filhos da puta” (V.Guimarães), 1.760 euros

[a originalidade não é propriamente um dom destes artistas]

“Quem não salta é lampião” e “SLB, SLB, filhos da puta” (FC Porto), 1.760 euros

“Isto é tudo contra nós”, “já sabia disto”, “hoje não temos hipóteses” e, após ser expulso, “sois uns incompetentes, fracos do caralho” (João Eusébio, Varzim), 1.357 euros

“Gatuno, gatuno” e uma cuspidela para um dos assistentes (Varzim), 822 euros

“Vai para o caralho” (Álvaro Magalhães, Gil Vicente), 179 euros

Ou seja, o preço do “vai para o caralho” está barato no nosso futebol e o do “filho da puta” está caro. É só para ficarem a saber.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s