2.ª Liga: Abriu a época de incêndios

Evangelista ‘pica-se’ com diretor de comunicação do Leixões
19/04/2018
Leixões acredita
20/04/2018

A 2.ª Liga está ao rubro a quatro jornadas do fim de mais um campeonato. O Nacional da Madeira de Costinha, Rui Alves e Jorge Mendes está em excelente posição para conseguir o regresso ao escalão principal, com 6 pontos acima da linha de água. Mas nada garantido porque atrás vem muita gente.  O Arouca de Miguel Leal, a 5 pontos dos insulares. logo a seguir, com menos 1 ponto, o Santa Clara e no pelotão uma Académica com um jogo a menos que também pode igualar os açorianos. Há que contar ainda com o Penafiel de Armando Evangelista, a 3 pontos da subida, e também com Académico de Viseu e Leixões, a 4.

Na próxima ronda, o Leixões, por exemplo, recebe o Arouca e se vencer fica só a um ponto da equipa de Miguel Leal, deslocando-se a seguir ao terreno do Nacional da Madeira, que nesta ronda joga em Barcelos, onde mora um aflito Gil Vicente. O Penafiel recebe uma relativamente tranquila Oliveirense e o Viseu joga no terreno de um Braga B que vai ser descontinuado mas que não quer acabar o campeonato em zona de descida.

A 2.ª Liga está, por isso, on fire. Nada está decidido lá em cima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *